Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Programa Trabalho Seguro realiza visita ao complexo industrial e portuário do Pecém (CE)

O complexo possui uma área de 13.337 hectares e produz aço, gases siderúrgicos e outros produtos.

03/05/2022 -Para reforçar as ações de prevenção de acidentes de trabalho, os gestores regionais do Programa Trabalho Seguro (PTS) do TRT-7, desembargador Francisco José Gomes Silva e juiz Carlos Alberto Trindade Rebonatto, realizaram visita, na quarta-feira (27/4), à Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). A empresa gera cerca de 5.500 empregos diretos, entre funcionários e terceirizados, e produz placas de aço para o mercado brasileiro e internacional.

Veja mais fotos aqui

A siderúrgica é uma das empresas do complexo industrial e portuário do Pecém, criado em 1995. Situa-se em Caucaia e São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Fortaleza. O complexo possui uma área de 13.337 hectares e produz aço, gases siderúrgicos e outros produtos. Atende aos segmentos da indústria automotiva, naval, óleo e gás, linha branca (eletrodomésticos), dentre outras. 

O desembargador Francisco José Gomes falou sobre o objetivo da visita. “Conscientizar empregadores e empregados de que a vida humana é o bem mais importante que se tem e vem em primeiro lugar. O trabalhador tem que preservar a sua vida também no local de trabalho, ou seja, ele tem que evitar acidentes de trabalho, preservando assim a sua vida e da empresa”, destacou o gestor regional do PTS. 

Diante do reduzido número de acidentes de trabalho ocorridos na empresa, o gerente geral de relações institucionais da CSP, Ricardo Parente, ressaltou o acompanhamento das ocorrências na empresa. “Qualquer coisa de segurança é registrado. Tudo tem registro, tem avaliação”, pontuou o gerente de comunicação corporativa.

O superintendente de produção da Companhia, Juarez Sigwalt, citou as principais ações direcionadas para a segurança do trabalho na empresa. “O funcionário exerce o direito de recusa, em que tem o direito de recusar a tarefa se ele se sentir inseguro. E as atitudes eficientes, que são atitudes que a pessoa ajuda a modificar seu ambiente de trabalho, de modo a torná-lo mais seguro”, evidenciou.

Durante a visitação na siderúrgica, a comitiva do TRT-7 assistiu a palestras sobre indicadores socioeconômicos, estrutura organizacional, autossuficiência energética e performance ambiental da empresa, além de acompanhar o processo de fabricação das placas de aço. em relação ao público externo, a CSP implementou, em 2013, o Programa Institucional de Visita à Usina

Abril Verde

O mês de abril foi escolhido por ter duas datas relevantes, o dia 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, instituído pela Organização Mundial da Saúde, e o dia 28 de abril, instituído pela Organização Internacional do Trabalho como o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória das vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. 

Trabalho Seguro

O TRT-7 integra o Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Trabalho Seguro). Trata-se de iniciativa do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, em parceria com instituições públicas e privadas, visando a formulação e execução de projetos e ações nacionais voltados à prevenção de acidentes de trabalho e ao fortalecimento da Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho.

Fonte: TRT da 7ª Região (CE)