Notícias do TST

null Corregedoria Solidária no TRT-23 (MT) doa quase 7 toneladas de alimentos para instituições sociais

As doações foram destinadas para quatro instituições sociais de Mato Grosso: as creches Vó Cristina, Boa Vontade e Casa Lar e a Paróquia Santa Terezinha.

27/5/2022 - O engajamento da magistratura, servidoras e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (MT) resultou na arrecadação de 6,8 toneladas de alimentos e 414 litros de leite na campanha Corregedoria Solidária. As doações foram destinadas para quatro instituições sociais de Mato Grosso: as creches Vó Cristina, Boa Vontade e Casa Lar e a Paróquia Santa Terezinha.

A campanha Corregedoria Solidária foi lançada em março deste ano pelo Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, ministro Guilherme Caputo Bastos. A ação busca estimular a doação e o voluntariado para ajudar instituições filantrópicas nos estados sede dos tribunais regionais do trabalho que passam por correição ordinária.

Segundo o ministro Caputo Bastos, o resultado do tribunal mato-grossense bateu todos os recordes da campanha. “Vamos poder ajudar muito mais pessoas do que imaginávamos. Essa gente de bem se juntou e se solidarizou com a situação de penúria que muitos estão passando”, disse. “É gente de bem fazendo bem ao próximo”, completou.

Mobilização

Em Mato Grosso, a campanha foi impulsionada por uma gincana interna que movimentou todos que atuam no tribunal, arrecadando R$ 36.542,01, convertidos em cestas básicas para doação às entidades. O presidente do TRT-23, desembargador Paulo Barrionuevo, agradeceu o empenho dos que contribuíram para a campanha que, segundo ele, superou todas as expectativas. “Estou emocionado e sensibilizado pelo êxito alcançado. Tivemos um resultado muito profícuo e surpreendente que demonstra o quanto o bem faz bem”.

Além de membros do tribunal, outras entidades também contribuíram para a ação. Foi o caso da Academia Nacional de Direito Desportivo, que colaborou para esta edição com R$ 2,5 mil.

Instituições beneficiadas 

Liderada com dedicação por Enilda Almeida, a Creche Boa Vontade, situada no bairro Jd. Passaredo, em Cuiabá, vai receber quase duas toneladas (1,95 tonelada) em cestas básicas e 187 litros de leite.  Segundo ela, as doações chegam em um momento de muita dificuldade da instituição que hoje cuida de 110 crianças. “Essa ação vai nos dar um mês de junho tranquilo. Nossa creche é mantida por doações e estamos com pouca ajuda nesse pós pandemia. Vai fazer a diferença”.

A paróquia Santa Terezinha, localizada no município de Tesouro (MT), vai receber 1,19 tonelada de alimentos que vão auxiliar os 26 projetos sociais promovidos pela instituição. Segundo o padre Wender Souza, doar para instituições sérias é uma garantia de que os alimentos vão chegar na mesa de quem precisa.

“A doação chegou em um momento em que já não tínhamos nada para oferecer para quem vinha nos procurar. É uma ação muito importante principalmente para o nosso projeto Comitê Contra a Fome, que atende mais de 200 famílias carentes da região”, disse. “Os magistrados e servidores do tribunal estão dando um pouco de si para quem não tem nada”, completou.

Já a creche Vó Cristina, localizada no bairro Jardim Mossoró, em Cuiabá, vai receber quase duas toneladas de alimentos e 187 litros de leite. A instituição atende mais de 100 crianças de até cinco anos com cinco refeições diárias.

Para a Casa Lar, que cuida de crianças entre 0 e 11 anos que tiveram os direitos violados, serão destinados 1 tonelada de alimentos e 40 litros de leite.

Com informações do TRT da 23ª Região (MT)

Média (0 Votos)

Rodapé - Responsabilidade - SECOM


Conteúdo de Responsabilidade da
SECOM - Secretaria de Comunicação
Email: secom@tst.jus.br
Telefone: (61) 3043-4907