Notícias do TST

null CCJ do Senado aprova indicação de ministra Cristina Peduzzi para o CNJ


 

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovou hoje, por unanimidade, a indicação da ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi para compor o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) como representante do Tribunal Superior do Trabalho. A ministra foi sabatinada pelos 14 senadores integrantes da comissão, e todos votaram pela aprovação de seu nome, que seguirá agora para votação em plenário.

A ministra Cristina Peduzzi, que exerceu a vice-presidência do TST no biênio 2011/2013, foi indicada pelo Pleno do Tribunal no 28/2 para substituir, no CNJ, o ministro Carlos Alberto Reis de Paula, que se afastou daquele órgão ao assumir a Presidência do TST no início de março. Ela integra o Tribunal desde junho de 2001, em vaga destinada a representante da advocacia. Como advogada, atuou junto aos Tribunais Superiores de 1975 até sua posse no TST.

Veja o perfil da ministra Cristina Peduzzi.

(Carmem Feijó. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Assista a matéria na TV TST: 

 

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
imprensa@tst.jus.br
 
Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)

Rodapé - Responsabilidade - SECOM


Conteúdo de Responsabilidade da
SECOM - Secretaria de Comunicação
Email: secom@tst.jus.br
Telefone: (61) 3043-4907