Ir para o conteúdo

Equipe do TRT-18 (GO) vem a Brasília para otimizar busca e análise de dados nos processos trabalhistas - Execução Trabalhista

Semana da Execução 2022 - CSS

 

Aplicações Aninhadas

Executômetro - coluna 1 - 2022

12ª Semana Nacional da Execução Trabalhista 2022 - Valor arrecadado

0

Executômetro - coluna 2 - 2022

Ranking dos Tribunais por Porte - Grande , Médio  e Pequeno

TRT-01
TRT-15
TRT-02
TRT-09
TRT-10
TRT-05
TRT-24
TRT-21
TRT-14

Executômetro - coluna 3 - 2022

Acordos homologados , leilões realizados e pessoas atendidas

15.736
595
287.193

Espaço

 

Vídeo

Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Equipe do TRT-18 (GO) vem a Brasília para otimizar busca e análise de dados nos processos trabalhistas

O objetivo da visita foi ampliar conhecimentos técnicos do TRT-GO sobre o tratamento de dados em massa, para tornar mais efetiva a pesquisa de patrimônio de devedores

21/09/2022 - O coordenador do Comitê Regional de Efetividade da Execução, juiz do trabalho Luciano Crispim, responsável pela Secretaria de Execução do TRT-18, o juiz do trabalho Rafael Guimarães, o secretário-Geral Judiciário, servidor Cleber Pires, e a diretora da Divisão de Pesquisa Patrimonial, servidora Roberta Vaneska, visitaram, no último dia 16 de setembro, os Laboratórios de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil do Distrito Federal-PCDF e do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios-MPDFT. Esses espaços são integrantes da Rede Nacional de Laboratórios de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro (REDE-LAB).

O objetivo da visita foi buscar a ampliação dos conhecimentos técnicos do tribunal sobre o tratamento de dados em massa, para tornar mais efetiva a pesquisa de patrimônio de devedores. Durante o encontro, foram apresentadas ferramentas que permitem análises automatizadas em grandes volumes de informações, principalmente no tratamento de dados financeiros obtidos por meio do sistema Simba.

Os integrantes da equipe brasiliense compartilharam, ainda, a versão simplificada da ferramenta de tratamento de dados CONFITEOR desenvolvida e utilizada pelo MPDFT. Também foi sinalizada a realização de um termo de cooperação técnica entre o Centro de Inteligência da PCDF e o TRT-18, para o compartilhamento da ferramenta DELOS. Esse instrumento permite a análise de dados relativos a quebras de sigilo bancário, automatizando o recebimento, tratamento e análise de dados financeiros.

Participaram da reunião, o promotor de Justiça do Centro de Inteligência (CI) Marcelo; a promotora de Justiça do CI Carolina Soares; Carlos Renato Resende, coordenador da Rede Nacional de Laboratórios de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro do Ministério da Justiça; a delegada Márcia Alves, coordenadora do Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro (LAB-LD), da Polícia Civil do DF; o juiz Luciano Crispim, Coordenador do Comitê Regional de Efetividade da Execução e responsável pela Secretaria de Execução do TRT-18, o juiz Rafael Vitor Guimarães, Cleber Pires, secretário-geral Judiciário e Roberta Vaneska, diretora da Divisão de Pesquisa Patrimonial. (conforme foto, da esquerda para a direita).

Fonte: TRT da 18ª Região (MG)