Banner rotativo 33

Executômetro - 2021

0,00
7.043
R$ 387.183.917,02
358
R$ 107.689.136,49
TRT's de Grande Porte – 1º Lugar: TRT 15ª Região (Campinas) , 2º Lugar: TRT 2ª Região (São Paulo) , 3º Lugar: TRT 4ª Região (RS) --------- TRT's de Médio Porte – 1º Lugar: TRT 10ª Região (DF/TO) , 2º Lugar: TRT 9ª Região (PR) , 3º Lugar: TRT 5ª Região (BA) --------- TRT's de Pequeno Porte – 1º Lugar: TRT 24ª Região (MS) , 2º Lugar: TRT 22ª Região (PI) , 3º Lugar: TRT 13ª Região (PB)      
58.938

Espaço

 

Vídeo

Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Com R$ 33,9 milhões movimentados, TRT da 22ª Região (PI) se destaca na Semana Nacional de Conciliação e Execução

A campanha foi realizada durante o período de 20 a 24 de setembro, e envolveu a participação dos 24 regionais, em todo o País, além do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

30/09/2021 - Ao movimentar o total de R$ 33,9 milhões, o Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (PI) destacou-se em segundo lugar entre Tribunais de pequeno porte, conforme dados parciais (atualizados até 30/9) do ranking da Semana Nacional de Conciliação e Execução, evento coordenado pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT). A campanha foi realizada durante o período de 20 a 24 de setembro, e envolveu a participação dos 24 regionais, em todo o País, além do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Confira o executômetro.

Durante a campanha, foram realizadas 351 audiências, que resultaram em 322 acordos homologados, beneficiando 985 trabalhadores. Do total movimentado, estão incluídos, além dos acordos, 12 leilões, que arrecadaram R$ 1,5 milhão, e a liberação de 321 alvarás para pagamento de precatórios, no valor total de 12,9 milhões.

Na medida em que forem recebidos pelos seus beneficiários, os recursos financeiros resultantes da Semana Nacional de Conciliação e Execução irão incrementar a economia do Estado do Piauí. Além disso, esses valores geraram receitas à União, com recolhimentos destinados à Previdência Social (R$ 1 milhão) e para a Receita Federal (R$ 37,8 mil).

A Presidente do TRT, Liana Ferraz, pontuou sobre o alto rendimento dos serviços, e acrescentou: “Apesar de todas as limitações estruturais, com carência de recursos humanos, e as restrições por causa da pandemia, nosso tribunal continua sendo um dos mais produtivos do País. Isso ficou claro durante a Semana de Conciliação e Execução do CSJT e também pelos resultados estatísticos publicados no “Justiça em Números 2021”, do CNJ. Magistrados e servidores estão de parabéns.”

O relatório CNJ apontou o TRT como um dos três Tribunais Regionais Trabalhistas mais produtivos do Brasil, nos trâmites do 1º grau. É também o mais ágil de todos, com tempo médio de nove meses no giro do acervo de processos. “Esse excelente resultado mostra que o Tribunal está no caminho certo”, ressaltou o Secretário de Governança e Estratégia Anchieta Araújo.

Confira a movimentação detalhada.

Fonte: TRT da 22ª Região (PI)