Perguntas frequentes

Perguntas Frequentes

1. Quem pode utilizar a Biblioteca Délio Maranhão?

Funcionamento durante a pandemia: Conforme o Ato Conjunto n. 173/TST.GP.GVP.CGJT, de 30 de abril de 2020, a Biblioteca encontra-se fechada para atendimento presencial.

Todo cidadão pode utilizar as dependências da Biblioteca para estudos e consultas. Nosso público é caracterizado como interno (servidores, estagiários e terceirizados do TST) e externo (público em geral). 

2. Qual o horário de funcionamento da Biblioteca?

Funcionamento durante a pandemia: A Biblioteca está atendendo de forma remota pelo email biblioatendimento@tst.jus.br e pelo telefone (61) 3043-4236, das 7h às 19h.

A Biblioteca atende ao público interno de segunda a sexta-feira das 8h às 19h e ao público externo, das 9h às 18h

3. Como posso consultar o catálogo da biblioteca?

Pela internet, no sítio do TST, na aba serviços, ou pela intranet (somente servidores do TST). A Biblioteca Délio Maranhão faz parte da Rede Virtual de Bibliotecas Integradas que congrega o acervo de bibliotecas dos principais órgãos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Distrito Federal. Consulte o catálogo.

4. O que é o Drive-Thru de livros?

É um serviço de empréstimo e devolução de livros que ocorre todas as quartas-feiras, das 14h às 17h. Está disponível para magistrados e servidores do TST, CSJT e Bibliotecas conveniadas enquanto perdurar o regime de trabalho remoto. O empréstimo é solicitado e agendado, previamente, por email (biblioatendimento@tst.jus.br).  O usuário retira e/ou devolve o livro na marquise do Bloco A do TST sem necessidade de sair do carro. Os livros devolvidos permanecem em “quarentena” por 7 dias corridos em estantes com a identificação da data que foi devolvido.  Após esse período, o livro é recolocado na estante ou emprestado novamente. 

5. Não sou servidor, posso retirar material emprestado?

Somente magistrados e servidores do TST podem fazer empréstimos de obras. Se você é servidor público, o seu órgão pode solicitar material via EEB - Empréstimo entre Bibliotecas. Para tanto, consulte sua Biblioteca. 

6. Posso fazer cópias xerox do material?

Conforme Resolução 5.213 (02/06/2005) que disciplina a aplicação da Lei n. 9.610/1998, fornecemos cópias de até 10 páginas de artigos de periódicos e de até 30 páginas de livros para servidor deste Tribunal ou para Bibliotecas conveniadas. Para o usuário externo, há a possibilidade da retirada de material por algumas horas, mediante apresentação de identidade, para a realização de cópias em outro local.

7. Posso solicitar o envio de material digitalizado por e-mail?

Funcionamento durante a pandemia:  a Biblioteca está atendendo somente as solicitações de cópias de material que já se encontram digitalizadas em nosso banco de dados.

Sim. Como cortesia, poderão ser enviadas até 30 páginas. Basta solicitar usando o formulário de solicitação de cópias

8. A Biblioteca do TST não possui um título de livro, mas localizei-o em outra Biblioteca. Posso solicitar o empréstimo? 

Sim, desde que a outra Biblioteca seja conveniada à Biblioteca do TST. O EEB - Empréstimo entre Bibliotecas está disponível para os Magistrados, Coordenadores, Assessores e Chefes de gabinetes desta Corte.

9. Posso renovar a data de devolução dos meus livros pela intranet e internet?

Funcionamento durante a pandemia: As renovações estão sendo realizadas de forma automática pela Biblioteca neste período de pandemia.

Sim, para tanto uma senha deverá ser criada no balcão de atendimento.  Você poderá renovar e ter acesso ao histórico de todas as suas transações. Somente será efetuada a renovação do item que estiver dentro do prazo de devolução e não estiver reservado por outro usuário. Faça sua renovação.

10. Não estou conseguindo reservar ou renovar?

É provável que você esteja em atraso, cumprindo suspensão ou o livro desejado encontra-se disponível para empréstimo, o que impede a reserva.  Entre em contato com a Biblioteca. Reserve um livro.

11. Outra pessoa pode fazer a devolução do material em atraso?

Sim. Qualquer pessoa pode devolver uma obra, mas apenas o servidor pode retirar o material.

12. O que significam os status reserva especial e 15 dias?

Reserva especial significa que o livro pode ser emprestado por 15 dias renováveis apenas para ministros e servidores do TST, não podendo ser a obra utilizada em EEB - Empréstimos entre Bibliotecas. O status 15 dias permite o empréstimo para ministros, servidores e bibliotecas conveniadas. 

13. Quantos livros os ministros e servidores podem retirar e por quanto tempo?

Os ministros podem retirar até 30 livros por 30 dias. Os servidores podem retirar até 8 livros por 15 dias. Os empréstimos podem ser renovados desde que não haja reserva.

14. Como solicitar material disponível para doação?

Funcionamento durante a pandemia: o envio de doações está suspenso.

Acesse a página “Intercâmbio de Publicações”. Lá você encontrará todas as orientações para fazer a sua solicitação. 

15. Como doar livros para a biblioteca?

A doação de livros para o acervo poderá ser realizada na biblioteca. Livros de literatura poderão ser doados para o projeto Livro Livre.

16. A biblioteca possui conexão a rede sem fio (wi-fi)?

Sim. O usuário pode se cadastrar no Balcão de Atendimento e criar uma senha de acesso, porém a utilização da wi-fi da Biblioteca é restrita àqueles que estejam presencialmente em atividades de estudos e consulta ao acervo.

17. O que é a JusLaboris?

A JusLaboris - Biblioteca Digital da Justiça do Trabalho é uma ferramenta de pesquisa e disseminação de conhecimento na área de direito trabalhista e congêneres, permitindo livre acesso e pesquisa em seus documentos. Na JusLaboris você encontra doutrina, livros digitais, produção intelectual de servidores e ministros do TST, atos normativos e suas alterações, publicados pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (ENAMAT), além de outras coleções. Inicie a sua pesquisa na JusLaboris.

18. Qualquer pessoa tem acesso ao conteúdo da Juslaboris?

O conteúdo da Juslaboris pode ser acessado por todos os funcionários do TST e CSJT. Os integrantes do TST devem utilizar o nome de usuário e senha de rede. Os servidores CSJT (que utilizam e-mails terminados em “@csjt.jus.br”) devem se registrar e criar uma conta. Os usuários externos podem acessar todos os documentos que não exijam login.  

19 Como disponibilizo obra de minha autoria na JusLaboris?  

É necessário ser servidor ou magistrado do TST/CSJT e preencher o Termo de Autorização de Publicação de Material na JusLaboris.

20. Como eu submeto artigo à Revista do Tribunal Superior do Trabalho?

Para submeter artigos para publicação, adquirir a Revista ou ter acesso às edições online, você deverá acessar a página da Revista, onde encontrará todas as orientações.

21. Como funciona o projeto Livro Livre?

O Projeto Livro Livre é uma iniciativa do comitê de Sustentabilidade Solidária e da Biblioteca Délio Maranhão. O objetivo é difundir o hábito da leitura e formar novos leitores. O público-alvo são os colaboradores terceirizados e estagiários desta Casa. Os livros podem ser retirados livremente e, após lidos, devolvidos à Biblioteca para que outros possam lê-lo. A arrecadação acontece ao longo do ano. Entre as obras doadas constam autores como Graciliano Ramos, Jorge Amado, Pablo Neruda e Umberto Eco.

 

 

Rodapé - Responsabilidade da Biblioteca


Funcionamento: 2ª a 6ª feira, das 8h às 19h (público interno) e das 9h às 18h (público externo).
Endereço: SAF Sul, Quadra 8, Lote 1, Bloco B, Mezanino, Brasília - DF  CEP 70.070-943
Tel.: +55 61 3043-4236  e-mail: biblioteca@tst.jus.br

Conteúdo de Responsabilidade da CDOC - Coordenadoria de Documentação - TST