Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Gestora da 13ª Região (PB) será palestrante no Seminário Internacional do Programa Trabalho Seguro

A juíza Mirella Cahú proferirá uma palestra nesta sexta edição do evento.

04/10/2021 - O Tribunal do Trabalho da 13ª Região (PB) será representado no 6º Seminário Internacional do Programa Trabalho Seguro, que acontece em outubro. A juíza Mirella Darc Melo Cahú Arcoverde de Souza, substituta da 4ª Vara do Trabalho de João Pessoa, será uma das expositoras do 3º painel da conferência com o tema: "O impacto da pandemia sobre o trabalho e os trabalhadores do Brasil". A magistrada vai apresentar o tema: "Saúde mental e Trabalho em tempos de pandemia".

O seminário está com inscrições abertas e é promovido pelo Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho da Justiça do Trabalho. Será realizado no período de 18/10 a 22/10 e transmitido ao vivo pelo canal oficial do TST no You Tube.

O objetivo do evento é debater questões relacionadas à saúde e à segurança de trabalhadores e empregados em tempos de crise, destacando a importância da prevenção das doenças ocupacionais e de acidentes no ambiente de trabalho.

Certificação

O seminário é voltado para magistrados e servidores da Justiça do Trabalho, procuradores e auditores fiscais do trabalho, parlamentares, professores, pesquisadores e estudantes, além de integrantes de organizações não governamentais e da sociedade em geral. Será emitido certificado de participação aos inscritos que acompanharem o evento.

Esta é a 6ª edição do evento que acontece em Brasília (DF), porém a primeira em formato telepresencial. De acordo com a juíza Mirella Darc Melo Cahú, o objeto de sua palestra é trabalhar a ruptura do trabalho presencial para o home office. "Não é normal, é por imposição, por obrigação e por questões de saúde", disse, destacando que vai mostrar os efeitos que a mudança brusca ocasionou na vida dos trabalhadores e tentar apresentar estratégias para manter o nível de saúde, mesmo quando se realiza o trabalho em home office.

A magistrada falou ainda que vai apresentar aos trabalhadores, trabalhadoras, gestores e gestoras noções de como se comportar no trabalho em home office. "Um dos grandes problemas dessa modalidade de trabalho é a dificuldade de comunicação entre as pessoas e a sensação de individualismo, que destrói o coletivo do ambiente de convívio".

Confira a programação do evento.

Fonte: TRT da 13ª Região (PB)