Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Acidente de trabalho é tema de encontro entre gestor do Programa Trabalho Seguro e autoridades no Ceará

As reuniões aconteceram durante a semana que marca o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho (27/7).

04/08/2021 - Um dos gestores regionais do programa Trabalho Seguro, desembargador Francisco José Gomes da Silva, promoveu encontros com autoridades locais para tratar sobre segurança e saúde no trabalho. As reuniões, realizadas com representantes da Federação das Indústrias do Estado Ceará (Fiec), do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT) e do Comando da Polícia Militar do Ceará aconteceram durante a semana que marca o Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho (27/7), como forma de lembrar a data.

Uma das iniciativas diz respeito a acidentes de trabalho ocorridos com entregadores de aplicativos, mototaxistas e demais profissionais que utilizam motocicleta para trabalhar. No primeiro semestre deste ano, segundo levantamento da Autarquia Municipal de Trânsito, houve um aumento de 10% nas mortes em relação ao mesmo período de 2020, sendo que maioria das vítimas do trânsito foram entregadores de aplicativos.

Para tratar do tema, o gestor do Programa Trabalho Seguro reuniu-se com o presidente do Sindicato dos Motoboy, Motoqueiros e Vendedores Motociclistas no Estado do Ceará (Sindimotos-CE), Glauber Almeida, e com o comandante geral da Polícia Militar do Estado, Coronel Francisco Márcio Oliveira. O encontro aconteceu no Comando Geral da PM, e foram abordados temas e apontadas soluções para reduzir os acidentes de trabalho que envolvem a categoria.

No dia 28 de julho, o gestor regional reuniu-se com o diretor financeiro da Fiec, Edgar Gadelha. Objetivo foi formular projeto para redução de acidentes de trabalho na indústria e no comércio do Estado. A ideia é realizar uma ampla campanha publicitária e de engajamento que envolvam sindicatos dos trabalhadores e patronais, para promover o trabalho seguro e sadio, além de combater o trabalho infantil e análogo à escravidão. A formulação do projeto ficou a cargo da superintendente do Instituto Euvaldo Lodi, Dana Nunes.

O desembargador Francisco José Gomes também reuniu-se com o presidente do IDT, Vladyson Viana. No encontro, foi discutida a inserção de mão de obra no mercado de trabalho cearense e estratégias para a prevenção de acidentes de trabalho, principalmente para jovens em seu primeiro emprego.

Trabalho Seguro

Na Justiça do Trabalho, o Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Trabalho Seguro) atua em parceria com diversas instituições públicas e privadas na formulação e execução de projetos e ações voltados à prevenção de acidentes de trabalho e ao fortalecimento da Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho. Também objetiva promover a conscientização da importância do tema e contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de prevenção de acidentes de trabalho.

O programa busca a articulação entre instituições públicas federais, estaduais e municipais, além de aproximação dos atores da sociedade civil, sejam eles empregados, empregadores, sindicatos, Comissões Internas de Prevenção de Acidentes (CIPAs) e instituições de pesquisa e ensino.

Fonte: TRT da 7ª Região (CE)