Voltar

Seminário de Combate ao Trabalho Infantil no Mato Grosso teve representes de 56 municípios

(05/07/2019) 

O Seminário “Trabalho Infantil: Fortalecimento da Rede de Proteção em Mato Grosso”, sediado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (MT) nos dias 10 e 11 de junho, contou com a presença de 235 participantes, de 56 municípios do estado.

A abrangência do evento foi destaque durante reunião do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Mato Grosso (Fepeti), realizado na última terça-feira (02), que avaliou os pontos positivos e negativos da programação.

Participaram da reunião de avaliação o TRT, o Tribunal de Justiça (TJ), a Superintendência Regional do Trabalho (SRT-MT), a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso (OAB-MT), a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Social de Cuiabá (SMADS).

Seminário

O seminário foi realizado para marcar a semana do dia 12 de junho, quando é celebrado o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. A intenção foi articular com os profissionais das diversas instituições que atuam com a temática “formas de proteger e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes em situação risco e vulnerabilidade social”.

Ao final do evento, as instituições públicas e ligadas à sociedade civil assinaram uma carta compromisso para o enfrentamento ao trabalho infantil no estado.

Entre os 11 compromissos assumidos estão o de promover a reflexão e a discussão sobre o tema, com a finalidade de reconstruir o Plano Estadual de Erradicação ao Trabalho Infantil, e o de aprimorar as formas de orientação, acompanhamento e apoio continuado às crianças, adolescentes e familiares para que possam sair da condição de risco e vulnerabilidade.

Fonte: TRT da 23ª Região (MT)