Voltar

Combate ao trabalho infantil se transforma em disciplina escolar para pais e alunos de Juína (MT)

(05/07/2019)

O combate ao trabalho infantil se transformou em parte das disciplinas escolares para cerca de 150 pais e alunos da rede pública de Juína, que lotaram o auditório da Câmara Municipal para aprender mais sobre o tema. A palestra foi ministrada na terça-feira (2) como parte do projeto MPT na Escola, que contou com a parceria da Justiça do Trabalho.

O assunto foi apresentado pelo juiz da Vara do Trabalho de Juína, Ediandro Martins. A intenção é alertar, tanto os jovens quantos os seus responsáveis, sobre os problemas decorrentes da prática do Trabalho Infantil.

O magistrado destaca a importância da divulgação desse problema para que toda a sociedade tenha conhecimento dos prejuízos físicos e psicológicos acarretados pelo trabalho precoce para crianças e adolescentes. “É também importante falar sobre a necessidade do rompimento do ciclo de pobreza, que só será conseguido por meio da educação de qualidade”, afirmou.

Também foi destacada na palestra a importância da profissionalização da mão de obra, com a contratação dos menores aprendizes nas empresas da região. “Está sendo feito um trabalho de conscientização. O MPT, inclusive, já notificou as empresas que estão descumprindo a cota”, disse.

As ações contra o trabalho infantil são importantes para combater os números alarmantes do problema. Segundo o IBGE, o Brasil tem cerca de 1 milhão de crianças e adolescentes entre cinco e 17 anos trabalhando de forma irregular. A erradicação de todas as formas de trabalho infantil até 2025 é uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

 Fonte: TRT da 23ª Região (MT)