Publicador de Conteúdos e Mídias

null Proteção: TRT da 13ª Região (PB) distribui mais máscaras contra a Covid-19 e beneficia 140 crianças e adolescentes

A ação é um compromisso da Justiça do Trabalho dentro do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem.

06/04/2021 - Cerca de 140 crianças e adolescentes atendidas pelo Projeto Beira da Linha, instituição ligada ao Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente na Paraíba – Fepeti/PB, foram beneficiadas com a entrega de máscaras de proteção contra a Covid-19. A iniciativa foi realizada na manhã desta terça-feira (6), na sede do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (13ª Região), dando sequência à distribuição de máscaras iniciada no último dia 24 de março.

A ação é um compromisso da Justiça do Trabalho dentro do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e Incentivo à Aprendizagem. No âmbito regional, o programa tem como gestores o desembargador Wolney de Macedo Cordeiro e o juiz Adriano Mesquita Dantas. Como forma de contribuir para a proteção de crianças e adolescentes mais vulneráveis neste período de pandemia do coronavírus, foi realizada a distribuição de máscaras de proteção a instituições previamente inscritas no programa e que são ligadas ao Fepeti/PB.

Ao todo, dez instituições serão beneficiadas com a entrega de 1.900 máscaras, que foram confeccionadas levando-se em conta as dimensões dos rostos de crianças e adolescentes. Além do Projeto Beira da Linha, também foram beneficiadas as seguintes instituições com atuação em todo o estado: Evot, Cicovi, Casa Pequeno Davi, Levante Popular da Juventude, Essor, ACNV, Talita (AMEC) e MAC.

De acordo com o coordenador da Comissão de Apoio aos Gestores Regionais do Programa de Combate ao Trabalho Infantil, Wilson Quirino, a expectativa é que a entrega dos itens de proteção seja concluída o mais breve possível, visto que somente uma instituição ainda não foi beneficiada. “A distribuição das máscaras concretiza, no âmbito estadual, as ações ligadas ao programa nacional”, afirmou.

Fonte: TRT da 13ª Região (PB)