Notícias PJe Notícias PJe

Voltar

TRT da 2ª Região (SP) já converteu cerca de 30 mil processos físicos em eletrônicos nos últimos meses

Em quase seis meses de trabalho, cerca de 30 mil processos físicos foram digitalizados no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP), entre os 70 mil que foram retirados das varas para essa finalidade. O intuito é migrar todos os processos ainda em papel na Justiça do Trabalho de São Paulo para o meio eletrônico, de acordo com os Projetos Estratégicos Institucionais CPG 1/2019 e CPG 7/2019.

A iniciativa foi aprovada pelo Comitê de Planejamento e Gestão, acompanhada pela Coordenadoria de Governança e Projetos (Secretaria de Gestão Estratégica e Projetos) e é executada pela Coordenadoria de Gestão Documental (Secretaria de Gestão Jurisprudencial, Normativa e Documental).

A virtualização dos processos já apresenta benefícios para o público interno e o externo, como a simplificação das rotinas ligadas ao manuseio desses materiais, o ganho de celeridade na tramitação dos autos e a melhoria na qualidade de vida de magistrados e servidores do TRT. Com base nesse tipo de ação, o Tribunal se alinha a princípios e diretrizes previstos em seu Plano Estratégico Institucional. Para conhecê-lo, acesse o portal do TRT e vá à aba Transparência/Planejamento e Gestão/Planejamento Estratégico.

A Portaria GP/VPA/CR 1/2019 estabeleceu plano de trabalho para virtualização do saldo remanescente de processos físicos em tramitação nas unidades judiciárias de 1º grau deste Tribunal. Para acessá-la e conferir os anexos, que trazem os cronogramas de suspensão do atendimento nas varas e de retirada dos processos físicos que serão digitalizados, clique aqui.

Fonte: TRT da 2ª Região (SP)

Média (0 Votos)