Corregedoria - Notícias - Destaques

null Corregedoria-Geral conclui implantação do e-Gestão


 

O sistema que permite o processamento eletrônico dos dados estatísticos da Justiça do Trabalho, o e-Gestão, está implantado em todas as 24 Regiões. Após dois anos de trabalho, os dados que eram coletados de forma manual, já integram base de dados que possibilita a elaboração de relatórios atualizados e em tempo real – o Sistema de Gerenciamento de Informações Administrativas e Judiciárias da Justiça do Trabalho.

 

Desembargadora Ana Paula Pellegrina Lockman, Coordenadora do Comitê Gestor Nacional,
Ministro Antonio José de Barros Levenhagen, Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho e
Juíza Gisela Avila Lutz, Membro do Comitê Gestor Nacional.


Na cerimônia conclusiva dos trabalhos no exercício de 2012, realizada nesta quarta-feira (21/11) no Tribunal Superior do Trabalho, a Coordenadora do Comitê Nacional, desembargadora do TRT de Campinas Ana Paula Pellegrina Lockman, apresentou aos presidentes e corregedores dos TRTs presentes dados sobre a evolução dos trabalhos realizados pelos Comitês Gestores Regionais e a variação da implantação do Sistema de Segundo Grau nos anos de 2011/2012. Ana Paula destacou o trabalho dos servidores de todos os TRTs.
 

   

 

O Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, ministro Antonio José de Barros Levenhagen, recebeu medalha e certificado em reconhecimento pelo empenho na implantação do e-Gestão. Ele externou seu agradecimento a todos os presidentes dos TRTs, corregedores, desembargadores e servidores dos Tribunais, nos quais fez correição, bem como pela excepcional acolhida.

O corregedor se disse "satisfeito por verificar o empenho e dedicação de todos os magistrados para uma causa comum que é o fortalecimento do Judiciário do Trabalho, de maneira que, cada dia mais, se consolide como ramo do Judiciário pronto a atender a onipresente e sadia consciência da cidadania social".

O ministro Levenhagen elogiou o excelente trabalho desenvolvido pelo Comitê Nacional, sob a coordenação da desembargadora Ana Paula, bem como o da juíza Gisela Ávila, do TRT-RJ (1ª Região). Para o ministro, o empenho e dedicação das magistradas em acelerar o processo de implantação do sistema, "se revelou de forma alvissareira para a realização das correições ordinárias".

(Lourdes Cortes / RA)
 

Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)

Gestor - Corregedoria


Conteúdo de Responsabilidade da CGJT - Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho

Email: secg@tst.jus.br
Telefone Secretaria: (61) 3043-3776 e 3043-4135