Voltar

SDI-1 julga primeiro processo com tramitação totalmente eletrônica



O PJe foi desenvolvido por servidores do TST.

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho julgou, na manhã dessa quinta-feira (6), o primeiro processo em pauta em tramitação pelo Processo Judicial Eletrônico (PJE). A implantação do sistema teve início no TST em dezembro de 2017 e, agora, os primeiros processos com tramitação totalmente eletrônica começam a ser julgados pelas Turmas e pelas Seções Especializadas.

O sistema também está sendo utilizado por todos os 24 Tribunais Regionais do Trabalho. É a Justiça do Trabalho na vanguarda da virtualização do processo judicial, por uma justiça cada vez mais célere.

Para o presidente do TST, ministro Brito Pereira, esse avanço tecnológico é motivo de grande satisfação, principalmente porque todo o sistema foi desenvolvido por servidores do Tribunal. “Hoje, a SDI-1 ingressa na era do PJe, sistema que está em todos os órgãos da Justiça do Trabalho. Para nós, é um orgulho contar com uma equipe ‘prata da casa’, incansável e comprometida, como a dos servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação (Setin)”, ressaltou.

A fim de promover a acessibilidade aos mais diversos usuários, a última versão (2.3) do PJe conta com ferramentas desenvolvidas para pessoas com deficiência visual. Atualmente, mais de 2.700 processos tramitam eletronicamente no TST.

 

Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)

Data de publicação
Número de visualizações