Notícias do TST

null TST homenageia ministro Alberto Bresciani

Ele anunciou, na semana passada, o pedido de aposentadoria.

Tela da sessão do Tribunal Pleno

Tela da sessão do Tribunal Pleno

29/1/21 - A presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministra Maria Cristina Peduzzi, prestou, nesta segunda-feira (29), homenagem ao ministro Alberto Bresciani, que, na semana passada, anunciou seu pedido de aposentadoria. “Além de magistrado competente, ético e justo, o ministro Bresciani é um literato de grande talento, que tem oferecido ao mundo da poesia obras completas, densas, cheias de sensibilidade e filosoficamente expressivas”, afirmou a ministra, na abertura da sessão do Tribunal Pleno.

Segundo a presidente do TST, a trajetória do ministro no TST, na magistratura de primeiro e segundo grau e, anteriormente, como advogado e procurador foi marcada por “um verdadeiro exemplo de integridade, sensibilidade, ponderação, força e caráter”. “É motivo de honra ter dividido a jurisdição do Tribunal Superior do Trabalho com um colega de seu quilate”, ressaltou.

Em sua homenagem, a ministra mencionou um poema de Alberto Bresciani, “Harmonização”, e lembrou que o tempo e a magistratura, em especial sua vivência no TST, foram uma escola para encorajar novos voos. “Sua incursão na literatura durante esses anos é um reflexo dessa escola da magistratura e da vida”, disse. “Seus poemas são a expressão viva de um raciocínio crítico, aguçado e questionador, que oferece a seus leitores e admiradores encorajamento para novos voos”.

Liderança

O ministro Mauricio Godinho Delgado, colega do ministro Bresciani na Terceira Turma por quase dez anos, enfatizou a grande liderança do colega. “Além de ser uma pessoa e um magistrado extraordinário, admirado pela comunidade jurídica, ele se mostrou um líder inexcedível”, assinalou. 

A ministra Delaíde Miranda Arantes e os ministros Emmanoel Pereira, Amaury Rodrigues Pinto Júnior, Douglas Rodrigues, Aloysio Corrêa da Veiga, Agra Belmonte, também se manifestaram. Eles destacaram os muitos talentos de Bresciani e seu papel de referência para advogados e colegas. O procurador-geral do Trabalho, Fábio Leal Cardoso se associou às homenagens.

Convivência

Para o homenageado, a convivência com os colegas nos 16 anos vividos no TST como ministro, somados a quatro como convocado, têm sido uma honra. “Tenho testemunhado o caráter e a dedicação à Justiça do Trabalho, a cultura, o desejo do aprendizado e a atenção a cada processo que é característica de cada um”, afirmou, ao agradecer as manifestações.  

(CF)

Média (0 Votos)

Rodapé - Responsabilidade - SECOM


Conteúdo de Responsabilidade da
SECOM - Secretaria de Comunicação
Email: secom@tst.jus.br
Telefone: (61) 3043-4907