Notícias do TST Notícias do TST

Voltar

Corregedor-geral destaca celeridade e informatização da Justiça do Trabalho



O ministro Lelio Bentes Corrêa realiza correição ordinária no TRT da 4ª Região (RS)

O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Corrêa, afirmou nesta segunda-feira (25), ao iniciar a correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), que a Justiça do Trabalho é a mais célere, a mais informatizada, a mais eficiente, a que mais concilia e a mais acessível às camadas mais vulneráveis da população. “Somos a Justiça que ousa colocar numa mesma mesa, em audiência, a dona de casa e a empregada, o empresário e o seu trabalhador”, destacou.

Nas suas manifestações, o ministro Lelio Bentes enfatizou a necessidade de entender a correição como uma atividade que contribui para a ação eficaz da Justiça do Trabalho. “Tenho a convicção absoluta de que em qualquer debate realizado em espaço republicano (e isso implica debates fundamentados) as conclusões só podem ser favoráveis à sua atuação”, declarou. “A regra tem sido de audiências rápidas e de tramitação célere do processo, mas ainda podemos melhorar”.

O primeiro dia da correição foi marcado por reuniões com a presidente do TRT, desembargadora Vania Cunha Mattos, com os desembargadores e com os gestores das principais áreas administrativas e judiciárias do Tribunal, aos quais o ministro Lelio Bentes apresentou os principais aspectos que serão observados neste ano. “A possibilidade de visitar os Tribunais Regionais é muito importante, pois nos dá possibilidade de conversar, ouvir as dificuldades e os desafios e também testemunhar as boas práticas”, observou.

Na correição ordinária, o corregedor-geral avalia o desempenho geral do Tribunal: a relação entre o número de processos recebidos e o de julgados, o tempo de tramitação, a observância de prazos e a adequação de procedimentos às normas legais, entre outros aspectos. A correição tem como foco principal o segundo grau de jurisdição, tendo em vista que a primeira instância já é fiscalizada pela Corregedoria Regional.

Acesse aqui as fotos da correição

(Com informações do TRT-4)

Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)



Conteúdo de Responsabilidade da SECOM  Secretaria de Comunicação Social

Email: secom@tst.jus.br

Telefone: (61) 3043-4907