Publicador de conteúdo Publicador de conteúdo

Retornar para página inteira
Voltar

Senado aprova ministro Lelio Bentes Corrêa para o CNJ



O Plenário do Senado Federal aprovou, na quarta-feira (13), com 54 votos favoráveis, o nome do ministro Lelio Bentes Corrêa, do Tribunal Superior do Trabalho, para compor o Conselho Nacional de Justiça no próximo biênio. Indicado pelo TST, ele ocupará a vaga da ministra Maria Cristina Peduzzi.

O nome será encaminhado à Presidência da República para publicação do decreto de nomeação pela presidenta Dilma Rousseff.

Na sessão de hoje da Subseção 1 Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1), da qual o ministro faz parte, o presidente do TST, ministro Barros Levenhagen anunciou a aprovação e destacou a inteligência e a cultura jurídica do indicado, "que certamente engrandecerá o CNJ". O ministro Lelio agradeceu a confiança nele depositada pelos colegas. "O processo de sabatina é sempre desgastante, mas tive a felicidade e a serenidade de estar respaldado pelos integrantes do TST, que é alvo do maior respeito por parte das instituições republicanas".

Para o subprocurador do trabalho Ricardo Macedo de Britto Pereira, a presença do ministro no CNJ será de fundamental relevância para o Poder Judiciário "na sua atuação ainda mais efetiva contra desigualdades e injustiças sociais". Lelio Bentes, que foi procurador do trabalho, tem longa atuação na área de direitos humanos e combate ao trabalho escravo e ao trabalho infantil.

Leia mais:

8/4/2015 - CCJ do Senado Federal aprova indicação do ministro Lelio Bentes para o CNJ

Inscrição no Canal Youtube do TST