Notícias do TST

null Página do TST no Facebook encerrou 2012 com mais de 60 mil admiradores


(Ter, 8 Jan 2013, 13h)

Criada em abril de 2011, a página oficial do Tribunal Superior do Trabalho (TST) no Facebook encerrou o ano de 2012 com mais de 60 mil fãs. O número de admiradores da página, utilizada para divulgar e disseminar notícias, eventos, fotos e decisões do TST, cresceu consideravelmente no decorrer do ano. Em janeiro, a página contava com apenas 12 mil fãs. Nos últimos três meses do ano, o aumento foi ainda mais significativo: cerca de 10 mil novos internautas passaram a curtir a página a cada mês, passando de 20 mil fãs em agosto para 60 mil em dezembro.

Para o presidente do Tribunal, ministro João Oreste Dalazen, o objetivo é intensificar a comunicação com a sociedade, proporcionar mais transparência e facilitar o acesso à informação.

"É motivo de muita alegria contar com esta interação entre o Tribunal Superior do Trabalho e a sociedade brasileira. O Tribunal está aberto à sociedade brasileira e portanto, vê com enorme regozijo este acompanhamento, esta participação e esta integração entre a Justiça brasileira, a Justiça do Trabalho e os fãs desta formidável rede social chamada Facebook," destacou recentemente o ministro Dalazen.

Interatividade

Uma das principais características da rede é permitir a interatividade com o público. Os internautas emitem opiniões sobre as decisões do TST, dividem experiências e compartilham as informações com os amigos. As publicações na página são feitas de maneira diferenciada, com artes exclusivas desenvolvidas para cada notícia - uma forma de atrair os leitores para conhecer as principais decisões da Justiça do Trabalho.

"As atualizações são excelentes, porque não se resumem somente ao conteúdo de julgados e notícias do Tribunal. A página mostra, também, a repercussão de julgados importantes na mídia "leiga", especialmente a que enfoca a problemática econômica que se segue à jurídica," descreveu um dos fãs da página.

"Este canal de comunicação utilizado é de grande valia, pois viabiliza o acesso as informações, tanto para os operadores do direito quanto para os leigos e, frise-se, que as informações são publicadas de forma coesa, concisa e, o mais importante, com linguajar acessível. Posto isto, insta aduzir que esse Tribunal demonstra transparência, exatidão, eficácia, e o principal, sua constante preocupação com os hipossuficientes, ou seja, a constante necessidade/preocupação de levar até eles a informação," elogiou outro admirador.

Para acompanhar as notícias no TST pelo Facebook, basta acessar a página pelo link https://www.facebook.com/TSTJus e curtir a página.

Presença na web

Além do Facebook, o Tribunal Superior do Trabalho também tem um perfil no Twitter (@TST_oficial), e contas no Youtube e Flickr. Cada rede social tem uma função distinta e atrai públicos diferentes. No Flickr, por exemplo, são disponibilizadas as fotos dos eventos realizados no Tribunal, divididos em álbuns temáticos. Já no Youtube, é possível ter acesso às notícias que são produzidas pela TV TST.

Recentemente, o TST passou a divulgar notícias também pelo Google Plus.

(Taciana Giesel/MB)

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
imprensa@tst.jus.br
Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)