Notícias do TST

null Ministro Brito Pereira reinicia correições ordinárias pelo TRT-MG


O corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Brito Pereira, reinicia nesta segunda-feira (9) as correições ordinárias nos Tribunais Regionais do Trabalho. O primeiro tribunal a passar pelo procedimento é o TRT da 3ª Região (MG), onde o corregedor e sua equipe serão recebidos, às 9h15, pela presidente daquela corte, desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria.

A correição ordinária, que prosseguirá até sexta-feira (13), tem o objetivo de examinar autos, registros e documentos das secretarias e seções judiciárias do TRT, e outros aspectos que considerar necessário ou conveniente, conforme disposto no artigo 9º do Regimento Interno da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho.

Ainda na segunda-feira, às 14h30 horas, o corregedor-geral visitará a Escola Judicial, acompanhado da diretora da unidade, desembargadora Emília Facchini, e, às 15h30, estará na sede do TRT da 3ª Região à disposição para receber os juízes de 1º grau, cujo comparecimento é facultativo.

Na terça-feira (10), das 9h às 12h e das 14h às 16h, preferencialmente, o corregedor-geral da Justiça do Trabalho ficará à disposição dos interessados, com processos no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região. As audiências com o ministro, relativas aos processos no âmbito do 2º grau, poderão ser agendadas com Denise ou Ana Flávia, pelos telefone (31) 3228-7398. Logo depois das audiências, ele visitará o Museu de Artes e Ofícios, sediado na Praça da Estação.

Na quarta-feira (11), às 15 horas, o corregedor-geral se reúne com os desembargadores do TRT e, na quinta-feira (12), fará reunião com a sua assessoria. Na sexta (13) pela manhã, encerrará os trabalhos, com a leitura da ata de correição em sessão administrativa do Tribunal Pleno. Logo depois, estará à disposição da imprensa para informar os resultados da correição do TRT-MG.

O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, com jurisdição no Estado de Minas Gerais, abrangendo 853 municípios, é composto por 49 desembargadores. No primeiro grau, há 295 juízes, dos quais 158 são titulares e 137 substitutos, distribuídos nas 158 varas do trabalho.

Para cumprir o calendário de correições estabelecido para este ano, que pode ser consultado no portal da CGJT, serão realizadas, em média, duas correições ordinárias por mês, totalizando 14.

(Com informações e foto do TRT-MG)

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br

 

Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)