Notícias do TST

null Ministro Aloysio Corrêa da Veiga realiza correição ordinária no TRT da 20ª Região (SE)

O encerramento da correição será na sexta-feira (22/10), a partir das 10h, com transmissão ao vivo no canal do TRT-20 no YouTube.

Mosaico com a tela dos participantes da reunião de correição.

Mosaico com a tela dos participantes da reunião de correição.

19/10/2021 - A Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho iniciou, nesta segunda-feira (18/10), correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (SE). O procedimento, realizado a cada biênio em todos os 24 TRTs, tem como objetivo avaliar o trabalho do Tribunais do Trabalho na prestação jurisdicional à sociedade. 

Por conta da pandemia, todas as atividades correcionais estão sendo realizadas de forma telepresencial. O TRT-20 é o vigésimo tribunal correcionado na gestão do corregedor-geral da Justiça do Trabalho no biênio 2020-2022, ministro Aloysio Corrêa da Veiga. 

Saiba mais: Confira a agenda de correições e ata dos TRTs já correicionados.

Atividades

No primeiro dia de atividades, o ministro se reuniu com o presidente do TRT-20, desembargador Fabio Túlio Correia Ribeiro, e com gestores e gestoras de diversas unidades que compõem o TRT. No encontro, o corregedor apresentou sua equipe, composta por magistrados e servidores. Posteriormente, o ministro se encontrou com os desembargadores do tribunal.

Em sua fala de abertura, o corregedor destacou a atuação da Justiça do Trabalho desde o início da pandemia. “Todos os tribunais regionais nesse período tiveram, naturalmente, a sensibilidade de entender o momento e provocar a continuidade da prestação jurisdicional. E isso se deu por meio das audiências e das sessões telepresenciais”, disse. “Diferenciada dos demais tribunais, a Justiça do Trabalho já estava com a maioria absoluta dos tribunais tramitando seus processos por meio judicial eletrônico”, completou.

O ministro também destacou que a missão da Corregedoria-Geral numa correição é constatar a atuação do tribunal em todos os seus setores e conhecer como a instituição desenvolve suas atividades jurisdicionais. “É verdade que há dificuldades administrativas e financeiras, bem como carência de pessoal, pela própria sistemática atual, mas, para todas essas questões, nós podemos trazer soluções que promovam a melhoria das condições da prestação dos serviços”, destacou.

Agenda

Durante esta semana, o ministro e sua equipe realizarão reuniões diversas com magistrados e magistradas, gestores e gestoras do TRT-20, visando a esclarecer os itens que subsidiam o procedimento correcional.

O encerramento da correição ordinária será na sexta-feira (22/10), a partir das 10h, com transmissão ao vivo no canal do TRT-20 no YouTube. Na ocasião, será lido o relatório final da correição.

Com informações do TRT da 20ª Região (SE)

Média (0 Votos)