Notícias do TST

null Impactos da violência urbana na rotina profissional é tema do programa Jornada


O problema atinge frentistas, motoristas de ônibus e outros profissionais.

Medo, angústia, estresse e síndrome do pânico são alguns dos problemas decorrentes da violência urbana, que também atinge o mundo do trabalho. O adoecimento mental não ocorre apenas em razão de um evento violento, mas do convívio diário com situações de conflito e de risco iminente, como ocorre com frentistas, motoristas de ônibus e profissionais que transportam valores. A reportagem especial do programa Jornada desta semana mostra qual é o entendimento da Justiça do Trabalho ao julgar processos que envolvem a violência urbana. O empregador pode ser responsabilizado caso o empregado seja vítima de algum crime?

No quadro Saúde e Segurança no Trabalho, o assunto é a insônia, problema que atinge muitos brasileiros e que pode causar afastamento do trabalho. Em João Pessoa (PB), o TRT da 13ª Região valoriza produtores rurais da região e monta uma feira de produtos orgânicos no tribunal. E o quadro Trabalha Brasil traz uma profissão bem antiga e curiosa: a de charcuteiro.

Serviço:

Programa Jornada
Inédito: segundas-feiras, às 19h30.
Reapresentação: terças-feiras, às 7h; quartas-feiras, às 19h30; quintas-feiras, às 7h; e sábados e domingos, às 6h.
Todas as edições também podem ser assistidas no canal do TST no YouTube.

Veja a íntegra da edição desta semana:

(CRTV/Secom/TST)

Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)