Notícias do TST

null Escola Nacional de Magistrados do Trabalho encerra curso para 60 novos juízes


O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Barros Levenhagen, participou nesta sexta-feira (12) da solenidade de formatura de 60 juízes recém-ingressos na magistratura trabalhista que integraram a turma do 17º Curso de Formação Inicial (CFI) promovido pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat).

Ao lado do diretor da escola, ministro João Oreste Dalazen, Levenhagen saudou os novos colegas, desejando-lhes uma judicatura de muito sucesso e felicidades na carreira. "Tenho certeza que as novas gerações de magistrados contribuirão sobremaneira para a qualidade dos relevantes serviços prestados Justiça do Trabalho", afirmou. O ministro Dalazen destacou, em seu pronunciamento, características como a sobriedade, a postura e a humildade, que devem nortear a atuação do magistrado.

O 17º CFI foi ministrado de 10/11 a 12/12. Os 30 juízes e 30 juízas que compuseram a turma foram recentemente aprovados em concursos realizados na Justiça do Trabalho de diversas regiões: 1ª (RJ), 2ª (SP), 5ª (BA), 6ª (PE), 14ª (RO-AC), 15ª (Campinas/SP), 16ª (MA), 18ª (GO), 19ª (AL) e 22ª (PI). Com 175 horas-aula, o programa do curso inclui atividades práticas (oficinas de instrução, conciliação e decisão processual), aulas teóricas sobre tópicos como relacionamento com a sociedade, a imprensa e o Ministério Público, administração judiciária e linguagem jurídica, visitas guiadas a órgãos judicantes e debates sobre temas contemporâneos.

(Com informações da Enamat)

 

 

Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)