Notícias do TST

null Categoria aprova acordo mediado pelo TST e encerra greve no Banco da Amazônia

(Ter, 21 de Out de 2014, 14:00:00)

Em assembleia realizada nessa segunda-feira (20), os empregados do Banco da Amazônia aprovaram a proposta de acordo mediada pelo vice-presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho, na última sexta-feira (17), e encerraram greve depois de 21 dias de paralisação.

A proposta foi fechada em audiência de conciliação em dissídio coletivo realizada entre o Banco e os representantes da categoria no TST.  Os empregados conseguiram o mesmo reajuste acordado pelos bancos federais com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), ou seja, 8,5% de reajuste geral e 9% no piso.

A greve nacional dos bancários, iniciada no dia 30 de setembro, terminou no último dia 7, mas o Banco da Amazônia manteve a paralisação. O entrave principal nas negociações era a alteração pretendida do acordo coletivo anterior pelo Banco, com a inclusão de novas cláusulas não aceitas pelos trabalhadores.

Após várias reuniões realizadas com as partes pelo vice-presidente do TST, o Banco desistiu das novas cláusulas e concordou em incorporar os reajustes concedidos pela Fenaban. Em contrapartida, os representantes sindicais aceitaram a compensação pelos empregados de 75% dos dias parados devido à greve, no prazo máximo de 120 dias, no limite de uma hora diária.

Processo: DCG - 23007-11.2014.5.00.0000

(Augusto Fontenele/RR)

Média (0 Votos)