Banner rotativo 33

Publicador de Conteúdo Web

Executômetro - 2018

0,00
Valor atualizado às 20h do dia 15/10
8.379
R$ 320.875.232,20
645
R$ 54.383.103,00
27.858
R$ 344.673.250,04
TRT's de Grande Porte – 1º Lugar: TRT 15 , 2º Lugar: TRT 3 , 3º Lugar: TRT 1 --------- TRT's de Médio Porte – 1º Lugar: TRT 6, 2º Lugar: TRT 10 , 3º Lugar: TRT 18 --------- TRT's de Pequeno Porte – 1º Lugar: TRT 24 , 2º Lugar: TRT 14  3º Lugar: TRT 21     

Vídeo

Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Varas do Trabalho da 8ª Região (PA/AP) já utilizam o SABB, sistema que busca mais efetividade e praticidade no cumprimento das ordens de bloqueio judicial

O Sistema Automatizado de Bloqueio Bancário (SABB), que auxilia os magistrados no bloqueio bancário de valores devidos em ações trabalhistas vem dinamizando as rotinas das unidades judiciárias e tornando mais efetiva a prestação jurisdicional no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (PA/AP). Desenvolvido pelo TRT da 18ª Região (GO), o SABB foi objeto de um termo de cooperação técnica com a Oitava Região com objetivo de imprimir maior celeridade e praticidade no cumprimento das ordens de bloqueio judicial.

Com o uso da ferramento, três Varas do Trabalho de Belém, no Pará, apresentaram o melhor desempenho em valores já apreendidos por meio do Sistema. Foram a 7a, 9a e 10a VTs que funcionam na capital paraense. Juntas, elas ultrapassaram 30 milhões em bloqueios efetuados.

Veja os números principais:

7a VT - R$ 16.379.935,85

10a VT - R$ 8.369.939,11

9a VT - R$ 6.685.092,69

Os dados constam do relatório elaborado pelo servidor Ramon Batista Ramos, Analista Judiciário da Secretaria de Informação do TRT8 (SETIN), que informa os valores já bloqueados com a utilização do Sistema Automatizado de Bloqueios Bancários - SABB até 18 de maio de 2020. Na planilha, os valores aparecem na coluna "valor transferido" em ordem decrescente.

Depois de Belém, duas Varas do Trabalho de Macapá ( 7ª e 8ª VTs) também aparecem em destaque no relatório com um significativo montante de valores bloqueados via SABB. Na 8ª Região, o SABB já foi implantado em mais de 90% das Varas do Trabalho dos estados do Pará e Amapá.

Convênio

Um convênio de cooperação possibilitou que o SABB fosse utilizado pela Justiça do Trabalho de todo o Brasil. O sistema foi desenvolvido pelo TRT de Goiás e permite que a pesquisa de contas e o bloqueio de recursos para pagamento de dívidas trabalhistas seja automatizado.

Funcionalidade

O sistema facilita a emissão das ordens eletrônicas que os magistrados devem encaminhar ao Bacenjud, sistema que interliga o Judiciário ao Banco Central e às instituições bancárias com a finalidade de bloquear valores em contas bancárias. Com a inserção de algumas informações sobre o processo, os dados dos devedores e os valores a serem bloqueados, a ferramenta automatiza a elaboração e o encaminhamento das ordens ao Bacenjud, tornando o bloqueio mais eficiente. Também é possível configurar o sistema para que as informações sobre o processo, a dívida e os devedores sejam buscadas no Banco Nacional de Devedores Trabalhistas.

Fonte: TRT da 8ª Região (PA/AP)