Documento sem título
0,00
9.269
R$ 594.727.554,67
830
R$ 136.885.498,52
40.512
R$ 225.177.498,76
TRT's de Grande Porte – 1º Lugar: TRT 15ª Região (Campinas/SP) , 2º Lugar: TRT 3ª Região (MG) , 3º Lugar: TRT 1ª Região (RJ) --------- TRT's de Médio Porte – 1º Lugar: TRT 5ª Região (BA) , 2º Lugar: TRT 10ª Região (DF e TO) , 3º Lugar: TRT 6ª Região (PE) --------- TRT's de Pequeno Porte – 1º Lugar: TRT 24ª Região (MS) , 2º Lugar: TRT 21 Região (RN) , 3º Lugar: TRT 19ª Região (AL)      
 
Voltar

TRT da 21ª Região (RN) é o segundo melhor tribunal de pequeno porte da 9ª Semana da Execução Trabalhista

(01/10/2019)

A mobilização de magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (RN), durante a 9ª Semana Nacional da Execução Trabalhista, gerou R$ 65.589.263,75. Esse movimento garantiu ao TRT a segunda melhor posição do país entre os Tribunais do Trabalho de Pequeno Porte, atrás do TRT da 24ª Região (MS), que movimentou R$ 198 milhões.

O ministro Cláudio Brandão (TST), coordenador nacional da Execução Trabalhista encerrou a Semana Nacional da Execução em Natal (RN) e comemorou os resultados, juntamente com o presidente do TRT da 21ª Região (RN), desembargador Bento Herculano Duarte Neto. "Esse resultado traduz o empenho do Tribunal no sentido de que se atenda ao nosso principal objetivo, que é fazer justiça de forma efetiva", observou o presidente do TRT.

Os CEJUSCs de Natal e Mossoró e as Varas do Trabalho da capital e do interior realizaram 371 audiências e garantiram 223 acordos, num valor total de R$ 14.563.188,43. Além disso, o TRT recolheu R$ 398.629,53 para os cofres da Previdência Social e mais R$ 11.953,00 para a Receita Federal.

Durante a Semana da Execução Trabalhista foram atendidas 1.181 pessoas. Um total de 48 juízes, 142 servidores e dois colaboradores voluntários atuaram nas audiências. Um mutirão realizado durante a Semana garantiu a liberação de 85 alvarás, no valor total de R$ 1.927.220,63, e a penhora de cinco bens avaliados em R$ 2.938.577,94. Um leilão realizado pela Divisão de Inteligência do TRT gerou uma arrecadação de R$ 1.533.600,00, com a arrematação de 14 lotes de bens penhorados pelas Varas de Natal e do interior.

O destaque maior foi o acordo firmado com a Brasil Inoxidáveis S/A (Brasinox), no valor de R$ 47.565.254,69, fruto da cooperação judicial entre o TRT e a Justiça Federal. Essa atuação conjunta permitiu a quitação de 157 ações trabalhistas e outras dívidas federais, estaduais e municipais da Brasinox.

Fonte: TRT da 21ª Região (RN)