Banner rotativo 33

Executômetro - 2019

Documento sem título
0,00
9.269
R$ 594.727.554,67
830
R$ 136.885.498,52
40.512
R$ 225.177.498,76
TRT's de Grande Porte – 1º Lugar: TRT 15ª Região (Campinas/SP) , 2º Lugar: TRT 3ª Região (MG) , 3º Lugar: TRT 1ª Região (RJ) --------- TRT's de Médio Porte – 1º Lugar: TRT 5ª Região (BA) , 2º Lugar: TRT 10ª Região (DF e TO) , 3º Lugar: TRT 6ª Região (PE) --------- TRT's de Pequeno Porte – 1º Lugar: TRT 24ª Região (MS) , 2º Lugar: TRT 21 Região (RN) , 3º Lugar: TRT 19ª Região (AL)      

Espaço

 

Vídeo

Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null TRT da 10ª Região (DF/TO) realiza leilão unificado virtual nesta quinta (25)

Neste leilão, dois lotes estão disponíveis para arrematação dos interessados.

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (DF/TO) retoma, nesta quinta-feira (25), a partir das 10 horas, a realização de seu leilão unificado mensal – que será realizado totalmente de forma virtual em razão de necessidade de distanciamento social para combate à propagação da covid-19. Neste leilão, dois lotes estão disponíveis para arrematação dos interessados.

No site do leiloeiro José Luiz Vizeu, a partir das 10 horas desta quinta, estará à venda um lote com jogos de rodas para automóvel, avaliado em R$ 7,7 mil e com lance mínimo de R$ 2,3 mil. Já na página do leiloeiro Paulo Tolentino, os interessados poderão oferecer propostas até o próximo dia 30, na modalidade alienação por iniciativa particular, para arrematar uma lancha Phantom 300, avaliada em R$ 150 mil.

Dívidas trabalhistas

Na Justiça do Trabalho, o leilão acontece quando o devedor - condenado em um processo trabalhista - não paga sua dívida e tem bens penhorados. É um ato determinado pelo juízo para, a partir da penhora, vender bens do devedor com o intuito de pagar dívidas trabalhistas devidas a trabalhadores em razão de sentenças condenatórias. O dinheiro arrecadado vai para uma conta judicial e depois é repassado para os trabalhadores credores.

Os leilões públicos no âmbito da Justiça do Trabalho são excelentes oportunidades para empresários e pessoas físicas adquirirem bens móveis e imóveis e produtos de qualidade por preços abaixo do valor de mercado. É também uma forma de auxiliar o Poder Judiciário a garantir a empregados lesados o pagamento de verbas trabalhistas devidas, reconhecidas por decisão judicial, mas inadimplidas pelos empregadores.

Caderno de bens

José Luiz Vizeu

Paulo Tolentino

Fonte: TRT da 10ª Região (DF/TO)