Banner rotativo 33

Executômetro - 2019

Documento sem título
0,00
9.269
R$ 594.727.554,67
830
R$ 136.885.498,52
40.512
R$ 225.177.498,76
TRT's de Grande Porte – 1º Lugar: TRT 15ª Região (Campinas/SP) , 2º Lugar: TRT 3ª Região (MG) , 3º Lugar: TRT 1ª Região (RJ) --------- TRT's de Médio Porte – 1º Lugar: TRT 5ª Região (BA) , 2º Lugar: TRT 10ª Região (DF e TO) , 3º Lugar: TRT 6ª Região (PE) --------- TRT's de Pequeno Porte – 1º Lugar: TRT 24ª Região (MS) , 2º Lugar: TRT 21 Região (RN) , 3º Lugar: TRT 19ª Região (AL)      

Espaço

 

Vídeo

Banner fixo lateral

Publicador de Conteúdos e Mídias

null Correição destaca ótimo desempenho da 1ª Vara do Trabalho de Goiânia (GO) na fase de execução

(13/03/2020)

Com a menor taxa de congestionamento na fase de execução (62%) entre as unidades judiciárias da 18ª Região (GO), a 1ª Vara do Trabalho de Goiânia (GO) foi cumprimentada pelo desembargador-corregedor Daniel Viana Júnior durante a correição ordinária realizada no último dia 10 de março. Outro destaque apontado na correição foi a redução dos prazos médios na duração do processo em 2019. No rito sumaríssimo, a unidade levou 60 dias do ajuizamento da ação até a sentença. Já no rito ordinário, o tempo foi de 219 dias, abaixo do prazo de 2018 que era de 262 dias.

“É com satisfação que vejo a tendência na VT de redução do prazo médio que ficou muito próximo da meta (180 dias). Isso revela um esforço conjunto de toda a equipe para baixar esses números”, ressaltou o desembargador, que ainda cumprimentou os magistrados e servidores pelo cumprimento de todas as metas do CNJ em 2019, razão pela qual a Vara será agraciada com o Selo Metas CNJ, na categoria Ouro, pelo TRT. “Somente com o esforço de todas as VTs foi possível ao Tribunal obter o Prêmio CNJ de Qualidade na categoria Ouro no ano passado”, destacou.

O juiz Édison Vaccari, titular da 1ª VT, agradeceu ao juiz auxiliar José Luciano Carvalho, que mesmo ainda de licença por motivo de saúde, participou do encerramento da correição. “Só tenho a expressar gratidão por sua plena recuperação”, afirmou. Ele também parabenizou todos os servidores pelo bom desempenho da unidade. “O resultado da premiação é fruto do nosso trabalho aqui, da dedicação e empenho de cada um”, ressaltou. Vaccari acrescentou que o desempenho da VT na fase de execução é um feito a ser creditado exclusivamente à Secretaria da Vara e aos servidores.

José Luciano de Carvalho disse que aprende todos os dias com os servidores e que é muito grato pelo apoio incondicional que recebeu de todos os colegas e do Tribunal durante o seu afastamento. “Vocês me trazem alegria. Tenho paixão de verdade pela 1ª VT de Goiânia. O trabalho que vocês fazem é ímpar”, concluiu.

Leia aqui a ata de correição.

Fonte: TRT da 18ª Região (GO)