Auditoria

Esta página abordará (1) a atuação da Unidade de Auditoria do TST no processo de prestação de contas, além de (2) divulgar relatórios de fiscalização produzidos pelos órgãos do sistema de controle interno e externo durante o exercício financeiro, relacionados ao TST, com as eventuais providências adotadas, nos termos do § 4º do art. 9º e arts. 12 a 20 da IN TCU Nº 84/2020.

1 - O quadro a seguir apresenta os resultados da auditoria nas contas do Tribunal por exercício, abrangendo a respectiva certificação emitida:

 Ano  Peças de Responsabilidade da Unidade de Auditoria do TST  Julgamento pelo TCU
2020   Relatório de Auditoria            Certificado Nos termos do art. 2º da DN TCU nº 188/2020, o TST não foi relacionado para ter as contas julgadas neste exercício.
2019 - Nos termos do §1º do art. 2º da DN TCU nº 180/2019, o TST não foi relacionado para ter as contas julgadas.
2018 - Nos termos do §1º do art. 2º da DN TCU nº 172/2018, o TST não foi relacionado para ter as contas julgadas.
2017   Relatório de Auditoria            Certificado
    Parecer do Controle         Pronunciamento
Regulares com quitação plena
(AC 11840/2018 - 2ª Câmara)
2016 - Nos termos do parágrafo único do art. 2º da DN TCU nº 156/2016, o TST não foi relacionado para ter as contas julgadas.
2015   Relatório de Auditoria            Certificado
    Parecer do Controle         Pronunciamento
Regulares com quitação plena
(AC 9597/2017 - 1ª Câmara)

Para acessar os anos anteriores clique aqui.

2 - Destaca-se que, por força da Resolução CNJ nº 308, de 11/3/2020, e Ato GP 317, de 4/8/2020, a Unidade de Auditoria do TST deve se reportar anualmente ao Órgão Especial do TST, mediante apresentação de Relatório Anual de Atividades de Auditoria Interna – Raint, que conterá, dentre outros assuntos:

  • o desempenho da Unidade de Auditoria do TST em relação ao Plano Anual de Auditoria;
  • a declaração de manutenção da independência durante a atividade de auditoria, avaliando se houve alguma restrição; e
  • os principais riscos e fragilidades de controle do Tribunal, incluindo riscos de fraude e avaliação da governança institucional.

O prazo para encaminhamento do Raint do exercício anterior é até o final do mês de julho de cada ano. Posteriormente, até trinta dias após a deliberação do Órgão Especial sobre a atuação da unidade de auditoria, será divulgado na página da Transparência do TST na internet.

Assim, será divulgada no Raint anual a síntese desses temas, que podem ser conferidos aqui.


 

 

Os arquivos acima estão em formato PDF

Gestor - SECOI - Secretaria de Controle Interno



Conteúdo de Responsabilidade da SEAUD - Secretaria de Auditoria

Email: seaud@tst.jus.br

Telefone: 3043-4198