Conteúdo web Conteúdo web

Retornar para página inteira


Na abertura do IV Encontro Nacional sobre Legislação Esportivo-Trabalhista, realizada hoje (15) à noite na sede do Tribunal Superior do Trabalho, o ministro de Estado dos Esportes, Orlando Silva, entregou ao ministro do TST Guilherme Caputo Bastos, coordenador das quatro edições do evento, a Medalha do Mérito Desportivo concedida pela presidenta Dilma Rousseff “pelo destacado trabalho no âmbito do Direito Desportivo”. O decreto de concessão da medalha foi publicado no Diário Oficial da União de hoje (15).

Antes da entrega da medalha, o presidente do TST, ministro João Oreste Dalazen, lembrou que a medalha é concedida em reconhecimento a feitos históricos na área desportiva e a outras personalidades de destaque no cenário do esporte. Entre os agraciados estão os pilotos Ayrton Senna e Emerson Fittipaldi, os atletas Ademar Ferreira da Silva, Robson Caetano e Joaquim Cruz, a jogadora de basquete Hortênsia e Edson Arantes do Nascimento (Pelé).

O ministro dos Esportes, Orlando Silva, saudou a iniciativa da presidenta Dilma Rousseff de conceder a medalha, pela primeira vez, a um integrante do Poder Judiciário. "É uma homenagem singela, mas mais do que merecida, à dedicação, ao esforço e ao trabalho realizado por ele na organização desses encontros, pautando o Brasil e introduzindo o direito esportivo na agenda das universidades brasileiras", afirmou. "Essa cruzada já tem gerado frutos: universidades de renome no Brasil incorporaram o tema a sua grade curricular permanente, o que configura não apenas a vitória do trabalho orientado pelo ministro Caputo Bastos e não apenas a vitória das reflexões orientadas pelo TST, mas uma vitória para nós do esporte, porque permite o reconhecimento da temática no campo das ciências jurídicas."

As reflexões resultantes dos encontros coordenados pelo ministro Caputo Bastos e pela jurisprudência do TST têm influenciado o debate sobre as relações esportivas em várias esferas - tribunais, universidades, agremiações etc., e observou que Caputo Bastos foi o primeiro membro do Judiciário a ser agraciado com a medalha.

(Carmem Feijó)

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte
Secretaria de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
imprensa@tst.jus.br