Notícias do TST

null Novo sistema facilita consulta à base de jurisprudência


As consultas à base de jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho ficaram mais fáceis, rápidas e seguras. É o resultado da reformulação da ferramenta na internet. As reformas foram estruturadas em duas frentes. A primeira, já disponível, traz melhorias na aplicação de consultas unificadas. Entre as principais alterações, destaca-se a ordenação cronológica do resultado da pesquisa. Assim, o usuário terá acesso aos acórdãos mais recentes que estejam vinculados a uma determinada consulta.

Também houve alteração nas terminologias aplicadas aos conectivos (e, ou, mesmo etc), tornando a consulta mais intuitiva e precisa, diante da possibilidade de utilização cumulativa e sucessiva.

O novo sistema de pesquisa unificada, além de ser mais acessível e com novas funcionalidades, traz inovações em segurança e desempenho, mediante a implementação de mecanismos antirrobôs, evitando que sejam feitas pesquisas sem qualquer parâmetro, fato que sobrecarregava o sistema e resultava em lentidão para os jurisdicionados.

O sistema foi lançado oficialmente na manhã desta terça-feira (14), com apresentação ao presidente do TST e do CSJT, ministro Carlos Alberto Reis de Paula. O projeto foi desenvolvido pela Comissão Permanente de Jurisprudência e Precedentes Normativos do TST. Atualmente, a Comissão é composta pelos ministros João Batista Brito Pereira (presidente), Renato de Lacerda Paiva, Lelio Bentes Corrêa e Walmir Oliveira da Costa. Compete ao colegiado zelar pela expansão, atualização e publicação da jurisprudência do Tribunal Superior do Trabalho, além de administrar a base de dados informatizada de jurisprudência, sugerindo ao presidente as medidas necessárias ao seu aperfeiçoamento.

(Warner Bento Filho)

 

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
imprensa@tst.jus.br
 
Inscrição no Canal Youtube do TST

Média (0 Votos)